21. Maria: Recipiente de Preces

Maria:  Recipiente de Preces

Catolicismo ensina

`Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós…´ Com Isabel também nós nos admiramos:  `Donde me vem que a mãe de meu Senhor me visite?´ (Lc 1,43).  Porque nos dá Jesus, seu filho, Maria é Mãe de Deus e nossa  Mãe; podemos lhe confiar todos os nossos cuidados e pedidos: ela reza por nós como rezou por si mesma: `Faça-se em mim segundo a tua palavra´ (Lc 1,38).  Confiando-nos à sua oração, abandonamo-nos com ela à vontade de Deus:  `Seja feita a vossa vontade´.

`Rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte.´ Pedindo a Maria que reze por nós, reconhecemo-nos como pobres pecadores e nos dirigimos à `Mãe de misericórdia´, à Toda Santa.  Entregamo-nos a ela `agora´, no hoje de nossas vidas.  E nossa confiança aumenta para desde já entregar em suas mãos `a hora de nossa morte´.   Que ela esteja então presente, como na morte na Cruz do seu Filho, e que na hora de nossa passagem ela nos acolha como nossa Mãe, para nos conduzir a seu Filho, Jesus, no Paraíso.  P. 687-688, #2677

`Todas as gerações me chamarão bem-aventurada´ (Lc 1,48):  `A piedade da Igreja para com a Santíssima Virgem é intrínseca ao culto cristão´  A Santíssima Virgem `é legitimamente honrada com um culto especial pela Igreja.  Com efeito, desde remotíssimos tempos, a bem-aventurada Virgem é venerada sob o título de `Mãe de Deus´, sob cuja proteção os fiéis se refugiam suplicantes em todos os seus perigos e necessidades.  (…)  Este culto (…)  embora inteiramente singular, difere essencialmente do culto de adoração que se presta ao Verbo encarnado e igualmente ao Pai e ao Espírito Santo, mas o favorece poderosamente´ ; este culto encontra sua expressão nas festas litúrgicas dedicadas à Mãe de Deus e na oração mariana, tal como o Santo Rosário, ´resumo de todo o Evangelho´.  P. 274-275, # 971

As Escrituras ensinam

Jeremias 33.3

Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes.

Salmo 50.15

E invoca-me no dia da angústia eu te livrarei, e tu me glorificarás.

Salmo 91.15

Ele me invocará, e eu lhe responderei; estarei com ele na angústia; dela o retirarei, e o glorificarei.

Filipenses 4.6

Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças.

Mateus 11.28

Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.

Comentários

  • Você orará a Maria?
  • Ou você orará a Deus?
  • Quem é que com certeza poderia ajudar você?