20. Maria: A Intercessora

Maria:  A Intercessora

Catolicismo ensina

Esta maternidade de Maria na economia da graça perdura ininterruptamente, a partir do consentimento que ela fielmente prestou na anunciação, que sob a cruz resolutamente manteve, até a perpétua consumação de todos os eleitos.  Assunta aos céus, não abandonou este múnus salvífico, mas, por sua múltipla intercessão, continua a alcançar-nos os dons da salvação eterna. (…) Por isso, a bem-aventurada Virgem Maria é invocada na Igreja sob os títulos de advogada, auxiliadora, protetora, medianeira. P. 274, #969

As Escrituras ensinam

1 João 2.1

Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo.

Hebreus 13.6

E assim com confiança ousemos dizer:  O Senhor é o meu ajudador, e não temerei o que me possa fazer o homem.

1 Timóteo 2.5

Porque há um só Deus, e um só Mediador, entre Deus e os homens,Jesus Cristo homem.

Hebreus 7.25

Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles.

Romanos 8.34

Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está á direita de Deus, e também intercede por nós.

Romanos 8.27

E aquele que examina os corações sabe qual é a intenção do Espírito; e é ele que segundo Deus intercede pelos santos.

 Comentários

  • Jesus é o único Advogado, Ajudador, Mediador e Intercessor.
  • Maria é igual a Jesus?